Academia Imoto

A Essência da Defesa Pessoal


O MÉTODO IMOTO foi idealizado com um único propósito: NEUTRALIZAÇÃO.

Suas manobras NÃO são de kravmaga nem de aikido, kung-fu, kali ou MMA esportivo.
Não as aplique achando que elas simplesmente irão desestimular um agressor.
Elas foram projetadas para causar LESÕES GRAVES e nada menos do que isso.
E basta que funcionem uma única vez para provarem sua eficácia…
Se você não tem a intenção (ou necessidade) de destruir seu alvo, use técnicas de alguma outra modalidade.

Um praticante dedicado do MÉTODO IMOTO está habilitado a proteger a sua integridade física em apenas 32 aulas.

Mas o que se treina para se desenvolver essa capacidade combativa em tão pouco tempo?

Há um lema nas artes marciais:

“Treine somente o que é necessário na luta e treine sempre como se estivesse lutando.”

E se restasse somente 60 minutos para um leigo aprender a lutar e se proteger, o que ele/ela deveria aprender neste breve período?

Foi pensando nisso que os exercícios das séries Fundamental, de Fortalecimento e de Impacto do MÉTODO IMOTO se tornaram a base do seu programa técnico de treinamento. Eles são simples, seguros e suficientes para cumprir o propósito original das artes marciais.

Após a fase inicial de reforço estrutural do corpo, otimização e aproveitamento biomecânico, o praticante aprende uma avalanche de golpes que desestabiliza e desequilibra o(s) oponente(s), sempre aplicados de forma convulsiva, caótica e espontânea, buscando atingir várias regiões vitais em diferentes ângulos, empregando um trabalho versátil de mobilidade e soltura dos membros.

Precisão (coordenação motora + timing) é importante… Mas sempre com golpes contundentes visando áreas frágeis e vulneráveis da anatomia!

Do aquecimento aos exercícios de condicionamento físico praticados nas aulas, tudo replica os movimentos que a luta real exige.

E o mais importante:

NUNCA CULTIVAR UMA MENTALIDADE DEFENSIVA/PASSIVA!

O MÉTODO IMOTO é um treinamento científico e direto de ataques sequenciados e fluídos que você só deverá aplicar em uma situação hostil de ameaça à sua integridade ou a de terceiros que precisar proteger. Você aprenderá estrangulamentos, torções de cabeça, técnicas de arremesso e chaves em todas as articulações, incluindo todos os golpes banidos do UFC, alavancados com o acréscimo das táticas com EFEITO SINOMOTOR aplicadas no exercício do CONTATO LIVRE:

  • Cobertura “Armadeira” (Postura da Prontidão)
  • Adesão no Contato (Sensibilidade Tátil)
  • Deflexão com Varredura (Dispersão de Forças)
  • Expansão com Inserção (Cunha)

Essas manobras são sinergizadas com ataques explosivos em que o peso inteiro do corpo colide com o alvo (F=ma), através de exercícios especiais de biotensegridade (pulsação, rotação, espirais e de vibração) com equipamentos funcionais (halteres, bastões, bolas, clavas, prancheta de flexão, cordas, correntes, kettlebells, etc.) e com as posturas e movimentos da Série Fundamental.

Não aguarde uma abertura na guarda do oponente ou uma atitude esportiva. Prefira abrir as defesas do adversário com as suas armas. Por isso a importância de se forjar tanto o corpo quanto uma consciência marcial ofensiva com atitude de antecipação e interceptação!

Lutar contra um inimigo ativo e agressivo, que não coopera nem hesita, requer diferentes táticas e estratagemas. O conjunto de manobras descritas acima deverá ser praticado até o ponto limite onde tudo volta a ser instintivo e natural.

Depender de golpes isolados ou de combinações coreografadas é contraprodutivo. Acerte primeiro o alvo mais exposto utilizando a ferramenta mais próxima e termine a luta antes dela começar! Tal estratégia destrutiva valerá para qualquer arma branca ou improvisada, bem como para o combate de mãos vazias.


“PAX A VIRIBUS AEQUALIBUS” A paz vem com a igualdade de forças

Esta é a lei dinâmica do MÉTODO IMOTO: resgatar e conquistar – sem fantasias – as habilidades e os conhecimentos necessários para explorar todas as fraquezas do adversário, posicionando e controlando a zona estratégia. Adicione ainda a capacidade de improvisar e lutar com e contra armas brancas (PerCor) e terá no MÉTODO IMOTO uma ciência de autoproteção!